h1

DOJO-KUN

janeiro 9, 2008

DOJO KUN

Máximas do Karaté

São as 5 máximas pelas quais o praticante se orienta não só no treino especifico de Karate mas em qualquer situação da vida. caracter, Sinceridade, Etiqueta, Esforço e Auto-Controle deverão ser um guião de modo que o objectivo do Karate consista no aperfeiçoamento do caracter através de uma pratica esforçada feita com sinceridade e respeito, promovendo o auto-controle do praticante.

HITOTSU JINKAKU KANSEI NI TSUTOMURU KOTO

Esforçar-se para a formação do caráter

Os meios para práticar o karate é mais que somente físico.Todo iniciante, especialmente o jovem, deve ser ensinado a importância da construção de caráter por meio da disciplina e treinamento rigoroso. Para o iniciante, o caráter a ser construindo começa com o aperfeiçoamento de técnicas por repetição. O espírito de guerreiro será alcançado quando ganha-se mais confiança por desenvolvimento de técnicas mais fortes.O treino trará à luz ao espírito, não se deve somente lutar mas sobrepujar problemas pessoais especialmente em casos de doença, crise doméstica e problemas de negócios. É um caminho longo desenvolver estes valores espirituais mas quando o conceito é entendido e experimentado proporcionará a vida inteira benefício de força interior e paz.

HITOTSU MAKOTO NO MICHI O MAMORU KOTO

Fidelidade ao verdadeiro caminho da razão

Ser fiel é uma tradição forte de samurai e uma extensão da influência de Confucius na família das artes marciais. A fé a ser mostrada está em seu sensei e no dojo. O aluno sempre deve ser fiel a seu sensei e deve seguir em muito o mesmo meio como um samurai medieval seguia seu senhor feudal e o protegia da morte sem hesitação. Enquanto isto pode parecer raro no dia presente, é injusto esperar um sensei ensinar todo o saber a um aluno que é possível sair de para a razão mais leve. O aluno deve provar sua lealdade com o passar dos anos. A fé e a lealdade estendida ao sensei será recompensada, com uma quantia maior de conhecimento e sabedoria que serão passadas ao aluno e para este bônus acontecer entre sensei e aluno é extremamente valioso o relacionamento.

HITOTSU DORYOKU NO SEISHIN O YASHINAU KOTO

Criar o intuito de esforço

Esforçar-se completa a dedicação e compromisso necessário alcançar mestria da arte. Em nenhum caso a mestria é possível sem esforço árduo e sacrifício da parte do profissional. O esforço deve ser de uma natureza sincera e não superficial. Esforço sério da parte do aluno será reconhecido pelo sensei que irá disponibilizar mais tempo com o aluno.

HITOTSU REIGI O OMONZURU KOTO

Respeitar acima de tudo

O respeito com os outros é uma qualidade importante dos japonês e da cultura de Okinawan portanto comum às artes marciais. Gichin Funakoshi enfatiza que o karate começa e termina com etiqueta. Ele também declarou que sem cortesia não há nenhum dojo. Isto é uma reflexão da natureza formal do povo japonês e pode ser observada ao curvar-se durante o treinamento assim como em casa ou no escritório. A etiqueta do Dojo é bem definida. Você deve mostrar respeito em tudo que faz e em toda parte toda que você vai. O respeito é estendido a todos. pais ..senseis, educadores, lei, natureza, falecidos, etc.

HITOTSU KEKKI NO YU O IMASHIMURU KOTO

Reprimir o espírito de agressão

Um lutador treinado é uma pessoa com um espírito competitivo, feroz e de grande força então é injusto usá-lo contra uma pessoa inexperiente. O espírito de um karateka é invencível e o mesmo deve saber usar seu conhecimento só por justiça. Uma pessoa de caráter deve afastar-se de brigas porque possui controle de suas emoções e está em paz consigo. Ele não deve testar suas capacidades na rua. Pode-se vencer sem luta e ele não terá nenhum pesar por ferir. O Privar-se de comportamento violento é duro de explicar a muitos ocidentais por causa de seu ambiente, ou por atitude de ganhar torneios eles querem fazê-lo tanto que acabam ficando contra os princípios do karate-dô e dojo kun. É portanto necessário os instrutores constantemente lembrar os alunos da importância do dojo kun..

Anúncios
h1

SIGNIFICADO DOS KATAS

janeiro 9, 2008

HEIAN SHODAN – Paz e Tranquilidade (Nível inicial)

TAIKYOKU (A Criação): Este representa, na verdade, três Kata, na ordem Shodan, Nidan e Sandan. Deve ser a forma para os iniciantes, já que é a mais fácil dos kata para ser aprendida. Consiste nos bloqueios e ataques mais úteis na prática das técnicas básicas. Este Kata e o Ten No Kata (descrito adiante) são o produto de muitos anos de pesquisas sobre a arte do Karate. Quando praticados regularmente resultam no desenvolvimento equilibrado do corpo e na estável habilidade para suportar o corpo corretamente. Além disso, o aluno que adquiriu proficiência nas técnicas básicas e compreende a essência do Kata Taikyoku, irá valorizar o real significado deste princípio: “No karate não há vantagem no primeiro ataque”.

HEIAN NIDAN – Paz e Tranquilidade (Nível dois)

HEIAN SANDAN – Paz e Tranquilidade (Nível três)

HEIAN (A Mente Tranqüila): Há cinco formas de Heian contendo uma grande variedade de técnicas, sendo quase todas relacionadas a posturas básicas. Alguém que tenha aprendido estas cinco formas pode estar seguro que é capaz de defender-se com muita habilidade na maioria das situações. O significado do nome deve ser levado em consideração neste contexto. Observa-se que as formas indicadas aqui como Shodan (primeira) e Nidan (segunda) estão inversas em relação à sua ordem tradicional. Esta mudança foi introduzida após considerar seus vários pontos de dificuldade e facilidade para o ensinamento.

HEIAN YONDAN – Paz e Tranquilidade (Nível quatro)

HEIAN GODAN – Paz e Tranquilidade (Nível cinco)

TEKKI SHODAN – Cavaleiro de Ferro (Nível inicial)

TEKKI (Andar A Cavalo): O nome refere-se a característica distinta deste Kata que é sua postura Kiba-dachi, como montar a cavalo. Neste as pernas são fortemente posicionadas bem abertas, como se fosse para sentar no dorso de um cavalo, e a tensão é aplicada nas bordas externas das solas dos pés com a sensação de concentrar a força em direção ao centro.

TEKKI NIDAN – Cavaleiro de Ferro (Nível dois)

BASSAI-SHO – Romper a Fortaleza

KANKU-DAI – Contemplar o Céu

KANKU (Olhar Para O Céu): O nome deste Kata derivou-se originariamente do mesmo introduzido por Ku Shanku, integrante do exército Chinês. O nome refere-se ao primeiro movimento do Kata, no qual levanta-se as mãos e olha-se para o céu.

KANKU-SHO – Contemplar o Céu

JUTTE – Dez Mãos (ou dez técnicas)

JUTTE (Dez Mãos): Nas formas remanescentes pertencem ao estilo Shorei, os movimentos são um tanto mais pesados quando comparados àqueles do estilo Shorin. A postura é bastante audaz. Proporcionam um bom condicionamento físico, embora sejam difíceis para iniciantes. O nome Jutte sugere que alguém que tenha aprendido este Kata é tão eficiente como dez homens de uma só vez.

HANGETSU – Meia Lua

HANGETSU (Meia-Lua): Nos movimentos para frente, neste Kata, são descritos semicírculos com as mãos e os pés de maneira característica, sendo seu nome derivado deste fato.

EMPI – Vôo da Andorinha

EMPI (O Vôo Da Andorinha): A movimentação característica deste Kata é o ataque a um nível mais acima do solo. Na seqüência segura-se o opoente e o induz a permanecer em uma posição específica, simultaneamente avançando e atacando novamente. O movimento representa o vôo rápido e ágil da andorinha.

GANKAKU – Grou (tsuru) Sobre a Rocha

GANKAKU (A Garça Pousada Na Pedra): A característica deste Kata é a postura em uma só perna que ocorre repetidamente. Representa a visão esplêndida de uma garça pousada em total equilíbrio em uma pedra, prestes a lançar-se sobre a sua vítima.

JION – Amor e gratidão

JION: Este é o nome original e tem aparecido freqüentemente na literatura chinesa desde os tempos antigos. O Jionji é um famoso velho templo Budista, e há um santo Budista bastante conhecido chamado Jion. O nome sugere que o Kata tenha sido introduzido por alguém identificado com o Templo Jion, assim como o nome Shorin-ji Kempo deriva de uma relação com o Templo Shorin.

CHINTE – Mãos Estranha ou Técnicas Estranhas

UNSU – Mãos de Nuvens

UNSU: O Kata com o estilo do Dragão por Mestre Aragaki. Onde ele o treinou não se tem conhecimento, mas as grandes influências Chinesas neste Kata sugerem que tenha sido certamente em continente chinês. O nome usado em Okinawa é Unshou e significa “Defesa Contra A Nuvem”, ou seja, mesmo se seus inimigos cercarem você como uma nuvem, com certeza você os vencerá se tiver aprendido o Unsu.

SOCHIN – Espírito Inabalável

NIJUSHIHO – Vinte e quatro passos

GOJUSHITO-DAI – Cinquenta e quatro passos

GOJUSHITO-SHO – Cinquenta e quatro passos

MEIKYO – Espelho Limpo

MEIKYO: Este é um Kata muito misterioso. Presume-se que os japoneses o conheciam muito antes que Mestre Funakoshi tenha introduzido o Karate de Okinawa no Japão. Há até mesmo uma lenda japonesa a respeito de Ameratsu, a deusa do sol. Ela havia perdido seu espelho e não podia admirar-se, ficando muito aborrecida. Desta maneira, o mundo ficou nas trevas. Finalmente os outros deuses decidiram que alguma coisa deveria ser feita, então enviaram um grande guerreiro para realizar a “Dança da Guerra” do lado de fora da caverna. A “Dança Da Guerra” foi nomeada Meikyo. Meikyo é traduzido como “O Espelho da alma”. O nome antigo para Meikyo era Rohai, o qual está agora voltando a ser usado.

JIIN – Amor e Proteção

WANKAN – Coroa Real

h1

BASES

janeiro 9, 2008

Bases

wpe1B.jpg (1382 bytes) wpe1C.jpg (1473 bytes) wpe1D.jpg (1539 bytes) wpe1E.jpg (1486 bytes) wpe1F.jpg (1442 bytes)
HEIKO-DACHI KAKE-DACHI KIBA-DACHI KOKUTSU-DACHI TSURUACHI-DACHI
wpe20.jpg (1447 bytes) wpe21.jpg (1490 bytes) wpe23.jpg (1746 bytes) wpe24.jpg (1480 bytes) wpe25.jpg (1465 bytes)
MUSUBI-DACHI NEKOASHI-DACHI SANCHI-DACHI SHIKO-DACHI UCHINACHIJI-DACHI
wpe27.jpg (1650 bytes)  
ZENKUTSU-DACHI  
h1

TÉCNICAS DE PERNA

janeiro 9, 2008
wpe14.jpg (2577 bytes) wpe15.jpg (2426 bytes) wpe16.jpg (2569 bytes) wpe17.jpg (2722 bytes)
FUMIKOMI-GERI KAGATO-GERI MAE-GERI MAWASHI-GERI
wpe18.jpg (2257 bytes) wpe19.jpg (2512 bytes) wpe1A.jpg (2486 bytes)  
MIKATSUKI-GERI USHIRO-GERI YOKO-GERI-KEKOMI  
h1

TÉCNICAS DE BRAÇO

janeiro 9, 2008

Técnicas de Braço

wpe8.jpg (1461 bytes) wpeA.jpg (1743 bytes) wpeB.jpg (1405 bytes) wpeC.jpg (2630 bytes)
GIAKU-ZUKI OI-ZUKI TATE-ZUKI URAZUKI

wpe9.jpg (2475 bytes)

wpeD.jpg (2123 bytes) wpeE.jpg (2991 bytes) wpeF.jpg (2693 bytes)
AGE-UKE GEDAN-BARAI GEDAN-JUJI-UKE JODAN-JUJI-UKI
wpe10.jpg (2429 bytes) wpe11.jpg (2149 bytes) wpe12.jpg (2359 bytes) wpe13.jpg (2244 bytes)
MOROTE-UKE SHUTO-UKI SOTO-UKI USHI-UKE
h1

HEIAN NIDAN

janeiro 9, 2008

SEGUNDO KATA

Foi um kata que não simpatizei muito a primeira vista, mas com tempo me acostumei.

oss.

h1

HEIAN SHODAN

janeiro 9, 2008

NOSSO QUERIDO PRIMEIRO KATA

lembro que tive que aprender esse kata na marra, tinha duas semanas de karatê e fui ao exame de faixa do pessoal, exame pra faixa amarela, quanto todos foram afzer o kata eu sentei, o faixa marrom mandou que eu me levantesse pra faze-lo também.

mó mico…

Enfim, este kata marcou meu inicio no karatê.

Bons tempos!

oss.